Boa Madrugada! Quarta-feira, 20 de Março de 2019

E-mail: atendimento@asmipir.com.br

 
  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * Exército Brasileiro - BRAÇO FORTE - MÃO AMIGA *

  • ASMIPIR

    * Marinha do Brasil - PROTEGENDO NOSSAS RIQUEZAS, CUIDANDO DA NOSSA GENTE *

  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * Exercito Brasileiro - BRAÇO FORTE - MÃO AMIGA *

  • ASMIPIR

    * Marinha do Brasil - PROTEGENDO NOSSAS RIQUEZAS, CUIDANDO DA NOSSA GENTE *

  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * CORPO DE BOMBEIROS: Preservação da Vida, do Meio Ambiente e do Patrimônio *

  • ASMIPIR

    * PM: SERVIR E PROTEGER *

  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * Exército Brasileiro - BRAÇO FORTE - MÃO AMIGA *

  • ASMIPIR

    * Marinha do Brasil - PROTEGENDO NOSSAS RIQUEZAS, CUIDANDO DA NOSSA GENTE *

  • ASMIPIR

    16º Encontro Nacional dos Veteranos Especialistas da Aeronáutica

Anuncie Aqui
  • Holder
    Notícias
    ASMIPIR

    RG DOS MILITARES DAS FFAA

    ASMIPIR

    Você sabe quem tem direito a isenções na compra de um veí­culo zero km?


    Informações sobre o HASP
    PABX:
    (11) 2224-7000
    EMERGÊNCIA:
    (11) 2224-7160 / 7131
    OFICIAL DE DIA:
    (11) 2224-7095/7094
    Admissão e Alta (SAME) same.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7109
    Assistência Social servicosocial.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7025/7026
    FUNSA (Fundo de Saúde) funsa.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7081
    Junta de Saúde (Inspeções) cis.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7121
    Laboratório lac.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7119/7139
    Ouvidoria ouvidoria.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7009
    SAME (marcação de consultas) same.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7050
    Seção de Controle da Qualidade      scqh.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7015
    Seção de Comunicação Social comsocial.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7017
    Secretaria Direção secretaria.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7002
    Unidade de Apoio ao Paciente (Hotel)   (11) 2224-7093

     

    Parcerias Diversas
    Vídeos

    Gripen. O novo caça da FAB

    FAB 2015 - Construindo o Futuro

    Diretoria

    DIRETORIA EXECUTIVA:

    Presidente: Moysés Fontoura Barbosa
    Vice-Presidente: José Carlos Teixeira de Godoi

    DIRETORES DE FINANÇAS:

    1º Tesoureiro: Rubens Hernandes Martins
    2º Tesoureiro: Massakazu Kudamatsu

    DIRETOR SOCIAL:

    Diretor: José Roberto Pinto

    DIRETORIA DE ESPORTES:

    Diretor: Heraldo Nicolau da Silva

    CONSELHO DELIBERATIVO:

    Membros Efetivos

    Presidente: Flávio Freire Cardoso
    Vice: Clemar Jordão Gomes
    Membro: Maria Lúcia de Pauli

    Membros Suplentes

    José Carlos Machado Filho
    Pedro Emanuel Leite
    Ethevaldo Souza de Oliveira
    Notícias G1


    Julgamento ocorre na 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. MPF pede que réus, detidos em novembro do ano passado na Operação Boca de Lobo, respondam presos. Policial bate continência a Pezão na cerimônia de hasteamento da bandeira Francisco de Assis/TV Globo A Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) julga, nesta quarta-feira (20), um pedido de habeas corpus do ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão (MDB). Ele foi preso durante o mandato no fim do ano passado, em novembro. Em parecer, o Ministério Público Federal (MPF) discorda do pedido de soltura e sugere que Pezão responda preso pelos crimes de corrupção. O ex-governador é acusado de embolsar R$ 40 milhões em propina e de ter aperfeiçoado o esquema de seu antecessor, Sérgio Cabral (MDB). As vantagens indevidas teriam pulado, de 5% na gestão Cabral, para 8% na gestão do sucessor. Além de Pezão, terão os habeas corpus julgados Marcelo Santos Amorim, o Marcelinho, que é sobrinho de consideração de Pezão, e os empresários Cesar Amorim e Luis de Amorim. Entenda o esquema de corrupção nas gestões de Cabral e Pezão, no RJ Karina Almeida/G1 O pedido de liberdade de Pezão já foi negado pelo relator da Lava Jato na segunda instância, desembargador Abel Gomes. Em fevereiro, ele argumentou que não havia irregularidade na prisão preventiva. Os advogados de Pezão apontam que o Ministério Público Federal fundamentou a denúncia de forma deficiente, através de ilações de delatores e conjecturas. Já o MPF alega que a soltura possibilitaria "reiteração das práticas delitivas" e ocultação de bens que ainda não tenham sido alcançados. Outros réus Marcelinho é apontado como o operador do esquema. Ele é marido da sobrinha por afinidade de Pezão e tido como de extrema-confiança. Até maio de 2018, foi subsecretário de Comunicação Social na Secretaria da Casa Civil. Já os irmãos Amorim eram diretores da empresa High End e, segundo o MPF, instrumentalizaram o pagamento de propina através de falsas prestações de serviço.
    De acordo com o serviço europeu de monitoramento de terremotos, o tremor atingiu magnitude 6,4. O Observatório turco Kandilli informou, por sua vez, que o sismo teve magnitude 5,6. Um forte terremoto sacudiu o sudoeste da Turquia nesta quarta-feira (20). De acordo com o serviço europeu de monitoramento de terremotos, o tremor atingiu magnitude 6,4. O Observatório turco Kandilli informou, por sua vez, que o sismo teve magnitude 5,6 e ocorreu na província de Denizli. Não há relatos sobre danos ou vítimas. O terremoto foi registrado a uma profundidade de 10 km e sacudiu região 8 km ao sul da cidade de Acipayam.
    Ex-atleta John Viáfara defendeu a seleção de seu país e venceu a Libertadores em 2004 pelo Once Caldas, foi preso em Cali. EUA pediram sua extradição. O ex-jogador John Viáfara, que defendeu a seleção colombiana e campeão da Taça Libertadores da América em 2004 pelo Once Caldas, foi preso nesta terça-feira (19) na cidade de Cali, acusado de tráfico de drogas, crime pelo qual tem um pedido de extradição feito pela Justiça dos Estados Unidos. A operação, em que outras quatro pessoas também foram presas, foi realizada pela polícia colombiana com o apoio de agentes do Departamento Americano Antidrogas (DEA, sigla em inglês), informou uma fonte da Promotoria do país sul-americano. Viáfara, segundo a acusação, fazia parte de uma rede de narcotraficantes que enviava cocaína para os EUA, que solicita a extradição por crimes relacionados ao tráfico de drogas. A investigação, iniciada nos EUA, afirma que Viáfara conspirou para enviar cocaína àquele país. Este caso lembra aos outros jogadores que foram presos por crimes de narcotráfico. O mais recente foi Diego León Osorio, que em fevereiro foi condenado a cinco anos de prisão domiciliar após ser considerado culpado de tráfico, fabricação e venda de narcóticos.

    Centenas de pessoas, principalmente muçulmanas, se reuniram em um cemitério próximo à mesquita de Linwood, para se despedir de Khalid Mustafa, de 44 anos, e seu filho Hamza, 15. Enterro de primeiras vítimas de massacre em mesquitas de Christchurch, na Nova Zelândia Anthony Wallace / AFP Photo Um refugiado sírio e seu filho foram enterrados nesta quarta-feira (20) na Nova Zelândia, nos primeiros funerais de vítimas do atentado contra duas mesquitas em Christchurch. Centenas de pessoas, principalmente muçulmanas, se reuniram na manhã desta quarta em um cemitério próximo à mesquita de Linwood, o segundo alvo do ataque da sexta-feira (15), quando um supremacista branco australiano armado com um fuzil matou 50 fiéis. A multidão se despediu de Khalid Mustafa, 44 anos, e de seu filho Hamza, 15. A família Mustafa chegou à Nova Zelândia no ano passado como refugiada da guerra civil na Síria. Zaid, 13 anos, outro filho de Mustafa, foi ferido no ataque mas sobreviveu e assistiu ao enterro em uma cadeira de rodas. O refugiado afegão Abdul Aziz, que enfrentou o atirador na mesquita de Linwood, também compareceu ao enterro. Enterro de primeiras vítimas de massacre em mesquitas de Christchurch, na Nova Zelândia William West / AFP Photo A dor pela perda dos entes queridos foi ampliada pelo fato de que as autoridades não entregaram os corpos no prazo de 24 horas para o enterro, como determina a tradição muçulmana. Até o momento, apenas seis corpos das 50 vítimas foram liberados pelas autoridades, que afirmam fazer o possível para acelerar as autopsias e a identificação das vítimas. O comissário Mike Bush explicou que o processo é lento diante da necessidade de identificar os corpos e a causa da morte sem qualquer dúvida, para não prejudicar o processo judicial. "Seria imperdoável entregar a uma família o corpo incorreto". Até o momento foram identificadas 21 vítimas, assinalou Bush. A primeira-ministra Jacinda Ardern visitou nesta quarta o colégio Cashmere, onde estudavam Hamza, Zaid e outra vítima, Sayyad Milne, de 14 anos. Ao ser perguntada por um aluno sobre como se sentia, Ardern respondeu: "Estou triste". O supremacista branco australiano Brenton Tarrant matou os 50 fiéis nas duas mesquitas alegando lutar contra o que considera "invasores" muçulmanos e contra o islamismo radical. 'Declarações ofensivas' O primeiro-ministro australiano Scott Morrison anunciou nesta quarta-feira que convocará o embaixador turco em Canberra pelas declarações "muito ofensivas" do presidente Recep Tayyip Erdogan sobre os ataques. Erdogan apresentou os ataques perpetrados pelo australiano como um atentado à Turquia e ao Islã e advertiu os antimuçulmanos daquele país que eles sofrerão o mesmo destino que os soldados de Gallipoli - uma sangrenta batalha da Primeira Guerra Mundial. Gallipoli foi uma batalha da Primeira Guerra Mundial em que os otomanos deram uma sangrenta derrota a uma força aliada composta basicamente de australianos e neozelandeses. "O presidente turco Erdogan fez declarações que considero muito ofensivas para os australianos e muito insensatas nesta delicada situação", disse Morrison. "Espero e pedi que esclareçam estes comentários, que se retratem", afirmou o premiê, avaliando que as declarações sobre a Austrália e sobre a resposta da Nova Zelândia ao ataque às mesquitas foram "infames".
    Quarta, 20 Mar 2019 04:30
    » 20 de março, quarta-feira

    Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. Bolsonaro volta ao Brasil e a reforma da Previdência volta ao radar. O governo entrega hoje o projeto de mudanças no sistema de aposentadoria dos militares. É o que a CCJ da Câmara está esperando para iniciar as discussões da reforma. Copom se reúne pela 1ª vez sob nova direção, e o mercado espera que a taxa de juros se mantenha nos 6,5%. No Reino Unido, Theresa May vai a Bruxelas pedir adiamento do prazo do Brexit à União Europeia. E a última superlua do ano. O que você precisa saber hoje: Bolsonaro O presidente Jair Bolsonaro e o presidente dos EUA, Donald Trump, durante pronunciamento na Casa Branca Isac Nóbrega/PR Jair Bolsonaro embarcou ontem à noite para o Brasil, depois de ter se encontrado com Donald Trump nos Estados Unidos. O Airbus A319 da Força Aérea Brasileira decolou às 22h18, e a previsão é que aterrisse em Brasília às 7h45 desta quarta. A visita aos EUA durou três dias. Além da reunião com o Trump, o presidente discursou na Câmara Americana de Comércio e se encontrou com "formadores de opinião". Enquanto Bolsonaro estava em Washington, o governo publicou um decreto autorizando turistas de EUA, Japão, Canadá e Austrália a entrar no Brasil sem visto. Também foram assinados alguns acordos, entre os quais o que permite aos EUA lançar satélites da base de Alcântara (MA), e o que prevê a troca de informações entre a PF e o FBI. Bolsonaro atende Trump e vai 'abrir mão' de tratamento especial do Brasil na OMC, diz Itamaraty Natuza Nery: Governo brasileiro não descarta 'apoio logístico' a eventual intervenção militar dos EUA na Venezuela Trump diz querer Bolsonaro como aliado da Otan, organização militar de defesa Brasil pode se tornar aliado prioritário extra-Otan; saiba o que isso significa Previdência Após desembarcar em Brasília, Bolsonaro vai receber, no Palácio da Alvorada, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo; e os chefes das Forças Armadas: o almirante Ilques Barbosa Júnior, comandante da Marinha; o general Edson Leal Pujol, comandante do Exército; e o Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez. Eles devem bater o martelo sobre a proposta de reforma da Previdência para os militares. Caso eles fechem o texto, os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Fernando Azevedo (Defesa) e Paulo Guedes (Economia) levarão a proposta ao Congresso. Juros Com o ritmo fraco de crescimento da economia e a inflação controlada, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) deve manter hoje a taxa básica de juros da economia em 6,5% ao ano. Essa é a aposta da grande maioria dos economistas do mercado financeiro. Brexit Primeira-ministra britânica, Theresa May Christopher Furlong / PA via AP Photo A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, retorna a Bruxelas, na Bélgica, para tentar modificar o acordo Brexit junto aos líderes da União Europeia (UE). Eles ainda aguardam alguma solução da premiê para resolver o quebra-cabeça e evitar um divórcio abrupto. A 37 dias da data marcada para o Brexit, o acordo acertado entre May e o bloco europeu está em um beco sem saída. Em janeiro, o Parlamento britânico disse "não" para o texto da primeira-ministra – principalmente por causa do mecanismo projetado para evitar uma fronteira na ilha da Irlanda, o backstop, item que a UE se recusa a modificar. Tragédia em Suzano O massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, completa uma semana. Para homenagear as vítimas do atentado que terminou com dez dez pessoas mortas, pelo menos duas celebrações serão realizadas na cidade: um ato ecumênico e uma missa. 'Que não se repita em nenhum lugar do mundo', diz tenente dos bombeiros que ajudou no socorro a vítimas da Raul Brasil Tragédia na Nova Zelândia Enterro de primeiras vítimas de massacre em mesquitas de Christchurch, na Nova Zelândia William West / AFP Photo Um refugiado sírio e seu filho foram enterrados na Nova Zelândia, nos primeiros funerais de vítimas do atentado contra duas mesquitas em Christchurch. A multidão se despediu de Khalid Mustafa, de 44 anos, e de seu filho Hamza, 15. Até o momento, apenas seis corpos das 50 vítimas foram liberados pelas autoridades, que afirmam fazer o possível para acelerar as autopsias e a identificação das vítimas. Imposto de Renda Editoria de Arte / G1 Veja quais bens precisam ser declarados à Receita e entenda se pode ser vantajoso declarar mesmo sem precisar. Veja tudo sobre o IR 2019 Mega-Sena Marcelo Brandt / G1 O concurso 2.135 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 33 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) em Cravinhos (SP). Superlua Superlua se ergue sobre as margens do rio Loire, em Lavau-sur-Loire, oeste da França Loic Venance/AFP De tempos em tempos, a Lua parece maior. Ela atinge o perigeu: ponto da órbita mais próximo da Terra. A tudo isso chamamos de "superlua". A terceira e última do ano ocorre hoje e ela estará cheia às 22h43. Outono começa hoje; veja previsão para todas as regiões Alerta de temporais no começo do Outono Curtas e Rápidas: Campeã do carnaval de SP, Mancha Verde se apresenta nesta quarta-feira no estádio do Palmeiras Projeto de lei quer proibir crianças e adolescentes nos desfiles de escola de samba em SP Espetáculo traz a ópera-rock "Tommy", do The Who, ao Rio G1 já viu: 'Nós', segundo filme do diretor de ‘Corra’ Tuberculose pode ser tratada com 'colar de comprimidos' inserido no estômago de paciente, diz estudo Aoki ou Alok? Parceria de DJs teve até 'invasão' de esposa em quarto errado de hotel Futebol Campeonato Paulista 21h30: Ituano x Corinthians 21h30: Palmeiras x Ponte Preta 21h30: São Caetano x São Paulo 21h30: Botafogo-SP x Santos Campeonato Carioca 21h30: Resende x Vasco Hoje é dia de... Dia Nacional do Teatro para a Infância e Juventude Dia Nacional da Aquicultura
    Foram resgatados dos escombros um homem, de 37 anos, e uma mulher, de 56, com fraturas. O desabamento de parte de uma casa na Freguesia do Ó, Zona Norte de São Paulo, deixou duas pessoas feridas na noite desta terça-feira (19), informou o Corpo de Bombeiros. Foram resgatados dos escombros um homem, de 37 anos, e uma mulher, 56, com fraturas. Não há informações sobre o que provocou o desabamento, porém, choveu na região entre a tarde e o início da noite. A Defesa Civil foi acionada para inspecionar o imóvel, que fica na Rua Souza Filho.
    De acordo com o Alerta Rio, chove de moderado a forte na Zona Oeste, na região de Sepetiba, no Recreio e na Barra da Tijuca. O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro informou no final da noite desta terça-feira (19) que a cidade entrou em estágio de atenção às 23h55. De acordo com o Alerta Rio, chove de moderado a forte na Zona Oeste, na região de Sepetiba, no Recreio e na Barra da Tijuca. A previsão é de chuva, acompanhada de raios e rajadas de vento. O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas. De acordo com o Centro de Operações, há acúmulo ou bolsão d’água nos seguintes locais: Avenida Ministro Ivan Lins, sentido São Conrado, altura do nº 460, na Barra da Tijuca Estrada da Barra da Tijuca, 793, na Barra da Tijuca Avenida Armando Lombardi, altura do Barra Point, na Barra da Tijuca Avenida Armando Lombardi, altura da Praça Professor Souza Araújo, na Barra da Tijuca Autoestrada Fernando Mac Dowell (Lagoa-Barra), altura da Rocinha Estrada da Gávea, altura do Gávea Golf Clube, em São Conrado. Avenida Epitácio Pessoa, altura da Rua Vinicius de Moraes, em Ipanema O outono começa no Rio nesta quarta-feira (20) com chuva, raios e ventos fortes. O motivo é a passagem de uma frente fria pelo oceano, segundo aviso do Alerta Rio. A nova estação começa às 18h58 e também deve trazer um declínio nas temperaturas entre quinta e sexta, com máxima não atingindo os 30°C. Verão quente e chuvoso Na Região Sudeste, o verão foi chuvoso, com chuvas que trouxeram transtornos para o Rio de Janeiro e São Paulo. No Rio, há 21 anos não chovia tanto no mês de fevereiro como neste. O recorde de chuva causou problemas para a cidade como deslizamentos e mortes. Guaratiba e Vidigal foram as regiões mais atingidas. O mês de janeiro do verão 2019 foi o mais quente dos últimos 92 anos. Para o outono, a previsão indica que os índices de chuva devem ficar entre a média normal e ligeiramente acima. As massas de ar frio devem ser registradas com maior frequência a partir de maio, mas as temperaturas devem ficar acima do normal.